Repórter profeta, faro jornalístico ou sorte dos diabos?

Ele também é conhecido como repórter profeta. Onde está ocorre uma tragédia. E não raro diante das câmeras de TV. No Rio alguns jornalistas também ganharam a fama de serem, digamos, sortudos demais. Estavam onde a notícia se desvendaria. Um, inclusive, presenciou três tragédias urbanas: queda do elevado Paulo de Frontin, em 1973; naufrágio do Bateau Mouche, no Réveillon de 88, e posteriormente o assassinato de uma estudante universitária, Ana Carolina, em 1998. Faro de notícia ou repórter profeta como o coleguinha aí de cima?

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Anônimos, Bizarro, Curiosidades, Imagens, Popular, Variedades, Vídeos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s